Novas praças atendidas pela Rosselline

A partir de agora a Rosselline vai entender também as praças:
CAPANEMA  –  PA   
ABAETETUBA –  PA
ACARÁ – PA
ANANINDEUA – PA
AUGUSTO CORRÊA – PA
AURORA DO PARÁ  – PA
BAIÃO  – PA
BARCARENA – PA
BELÉM – PA
BENEVIDES – PA
BONITO  – PA
BRAGANÇA  – PA

BUJARU  – PA
CACHOEIRA DO PIRIÁ – PA
CAMETÁ  – PA
CAPANEMA – PA
CAPITÃO POÇO  – PA
CASTANHAL  – PA
COLARES – PA
CONCÓRDIA DO PARÁ – PA
GARRAFÃO DO NORTE  – PA
IGARAPÉ-AÇU  – PA
IGARAPÉ-MIRI  – PA
INHANGAPI  – PA

IPIXUNA DO PARÁ – PA  
IRITUIA  – PA
MÃE DO RIO – PA  
MAGALHÃES BARATA – PA  
MARACANÃ  – PA
MARAPANIM  – PA
MARITUBA  – PA
MOCAJUBA – PA
MOJU  – PA
NOVA ESPERANÇA DO PIRIÁ – PA 

No estado do Maranhão também tem praças novas além de Imperatriz agora também atendemos as cidades de:
Estreito – MA
Balsa – MA
Açailândia – MA
Grajaú  – MA


Conte seu frete agora pelo Whatsapp click no botão abaixo.

Amazonas estado que encanta

As Fabulosas Belezas Naturais do Amazonas

Amazonas é o estado do Brasil com o maior território e o décimo sexto maior do mundo. Fica localizado na região Norte e é a segunda região mais populosa do país. O Amazonas é um estado conhecido mundialmente devido à sua biodiversidade, ecossistemas e riqueza da fauna e flora. Mesmo aqueles que nunca visitaram Amazonas, já ouviram falar, pois a Amazônia trata-se de uma das sete maravilhas da natureza e 60% do seu território se encontra no Brasil. Acompanhe destinos e belezas naturais encantadas para visitar na Amazonas!

Borba

Muitos são os balneários da região, banhados pelo Rio Amazonas que atraem turistas, sendo o mais concorrido o Balneário do Lira com águas naturais para adultos e crianças, parques, igarapés, bem como toda uma infra-estrutura de lazer. Os balneários do Rio Mapiá e Puxurizal também não ficam para trás, com lindas paisagens de mata rústica.

Encontro de rios

Visitar Amazonas é não apreciar o encontro do Rio Negro e Solimões é um verdadeiro pecado. Esse encontro de rios é bem conhecido, em que os dois rios correm lado a lado por 6 km sem que as águas se misturem. Aproveite para fazer um passeio de canoa pelos igarapés, observação de répteis e plantas, bem como o trekking na mata.

Parintins

Em Parintins estão passeios revigorantes em meio à natureza. Você pode se banhar no Rio Uiacurapá e passear ou realizar esportes náuticos no Lago Macurany. Para apreciar as praias que

As Fabulosas Belezas Naturais do Amazonas

são formadas pelas vazantes dos rios deve-se ir a partir de agosto. Já nos outros meses, a pesca é a principal atividade.

Rio Preto da Eva

Região propícia para se divertir em cachoeiras e balneários, sendo a Cachoeira do Soval a mais procurada com quatro metros de queda d’água. Algumas trilhas levam a essas cachoeiras, mas é necessária autorização para entrada, pois fica situada em território militar.

São Gabriel da Cachoeira

Possui praias fluviais, cachoeiras, areias brancas e é o local que dá acesso ao Pico das Neblinas, ponto mais alto do Brasil com mais de três mil metros de altura. No Parque Nacional do Pico das Neblinas, pode-se visitar outros picos e a Reserva Biológica Morro dos Seis Lagos com formação de espelhos d’água. Não deixe de visitar também a Serra da Bela Adormecida com lindas montanhas e o morro da Boa Esperança.

Fonte: http://belezasnaturais.com.br

Culinária do estado do Pará

A culinária paraense possui grande influência indígena. Os elementos encontrados na região, formam a base de seus pratos, o que deixa os gourmets maravilhados pela alquimia utilizada na produção destes pratos exóticos. Os nomes dos pratos são tão exóticos quanto seu sabor, já que são de origem indígena.

Alguns dos pratos típicos da região
  • Caruru
  • Chibé
  • Cuscuz
  • Maniçoba
  • Moqueca
  • Pato no tucupi
  • Tacacá
  • Tapioca
  • Vatapá

O Pará apresenta mais de uma centena de espécies comestíveis, são as denominadas frutas regionais, e em muitas vezes apresentando um exótico sabor para as suas sobremesas.

Algumas das frutas nativas paraenses
  • Açaí
  • Bacuri
  • Cupuaçu
  • Graviola
  • Pupunha
  • Taperebá
  • Castanha-do-pará
  • Muruci
  • Piquiá
  • Tucumã
  • Bacaba
  • Camu-camu
  • Uxi
  • Ingá
  • Sapotilha
  • Abricó-do-pará
  • Abiu
  • Anajá
  • Mari
  • Camapu
  • Biribá
  • Jutaí

Estado do Amapá

Amapá (pronúncia em português: /ɐmɐˈpa/) é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado a nordeste da Região Norte, no Platô das Guianas. O seu território é de 142.828,521 km², o que o torna o 18º maior estado do Brasil. É limitado pelo estado do Pará, a oeste e sul; pela Guiana Francesa, a norte; pelo Oceano Atlântico a nordeste; pela foz do Rio Amazonas, a leste; e pelo Suriname, a noroeste.

O Amapá foi desmembrado do estado do Pará em 1943, quando foi criado o Território Federal do Amapá (TFA). Permaneceu nesta condição até 1988, quando a atual Constituição Federal o elevou a estado da Federação. Na bandeira do Brasil, o Amapá é representado pela estrela β de Cão Maior. Macapá, que era a capital do extinto Território Federal do Amapá desde 1944,  é a atual capital e maior cidade do estado, sendo sede da Região Metropolitana de Macapá, formada por Macapá, Santana e Mazagão. Outras importantes cidades são Laranjal do Jari, Oiapoque, Pedra Branca do Amapari e Porto Grande.

De acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sua população era de 829 494 habitantes em 2018. Quanto aos indicadores sociais, o Amapá possui a 14ª menor incidência de pobreza, a 07ª menor taxa de analfabetismo e o 15º maior PIB per capita do país. No entanto, o estado apresentou em 2010, a 3ª maior taxa de mortalidade infantil entre os estados brasileiros.